Imposições Cristãs

A comunidade apostólica do primeiro século estava reunida. Tiago presidia a seção e, preocupado com as imposições da lei judaica decidiu – a muito – orar por uma nova diretriz. O cristianismo era uma religião nova e emergente e isso assustava os religiosos da época. Os costumes judaicos não estavam mais sendo observados e agora eles falavam em amar ao próximo, orar pelos perseguidores e em um Reino de Deus que viria sem demora.

Naquela manhã Tiago se levantou e declarou a toda aquela assembléia:

“Na verdade, pareceu bem ao Espírito Santo e a nós não vos impor mais encargo
algum, senão estas coisas necessárias: Que vos abstenhais das coisas
sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da fornicação;
destas coisas fareis bem se vos guardardes. Bem vos vá”. (Atos 15:28, 29)

Apenas quatro imposições que os cristãos tem até hoje muitas vezes deixam de ser observadas por nós. Por esta razão resolvi escrever sobre isso. Vejamos as quatro detalhadamente:

Abster-se das coisas sacrificadas (ou oferecidas) aos ídolos
Além de nos proibir de ter materiais idólatras, como imagens e velas, também nos proibe de participar de festas em comunidades religiosas que observam a idolatria. Por exemplo, um almoço na comunidade que honra a “São Cristóvão” ou uma festa da “Padroeira”. Tudo o que acontece ali é sacrificado, ou oferecido a um ídolo. Isso nos é biblicamente proíbido.

Sangue
O sangue fazia parte do pacto de Israel com Deus, portanto não poderia servir de alimento. Quando a dispensação da Lei encerrou-se em João Batista e nasceu a dispensação da Graça com Jesus Cristo, o Sangue passou a simbolizar a remissão e o perdão. Por esta razão não podemos comer o sangue como alimento. Por exemplo: chouriço, murcilia, sarapatel, molho pardo etc.

Carne Sufocada
A carne sufocada é aquela em que não há o derramamento do sangue, portanto torna-se proibido comer, pelo fato do sangue ser proibido. Exemplo: frango/galinha morto apenas com o pescoço destroncado, gado que morre no campo sem ser sangrado etc.

Fornicação
Fornicação é tudo o que exalta a carne e inibe o Espírito. Muitos jovens pensam que “fornicar” restringe-se apenas ao ato sexual mas estão errados. Se uma pessoa atrair o apetite sexual de outra pessoa, seja com toques, carícias ou outra forma, já está fornicando. Hoje, com o advento da internet, a fornicação acabou tomando novas proporções.

Essas quatro imposições que Deus nos aplica devem ser observadas com todo o cuidado, para não pecarmos contra nosso Senhor. Muitos me dizem: “Ontem comi chouriço. Eu não sabia! Estou em pecado?”. Obviamente nosso Senhor perdoa o período da ignorância (Atos 17:30a), porém a partir de agora somos responsáveis por nossa salvação.

Nunca esqueça que amar e servir à Deus é maior e melhor do que qualquer alimento ou circunstância. Fique atento e evite pecar.

Compartilhe e comente

Uma resposta a Imposições Cristãs

  1. Luciméry disse:
    Bom dia pastor, Gostei muito de conhecer seu testemunho, sou de campo mourão – Pr conheci o Dile e p pr Nélson. Sou da IPRB Forte abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>