A Bíblia Sagrada

É a revelação de Deus a humanidade. Tudo o que Deus requer e tem preparado para o homem, pode ser encontrado nas Sagradas Escrituras. É preciso pra isso que o homem tome posse dela pela fé.

Materiais usados na escrita da Bíblia.:

Os dois principais eram:

1. PAPIRO – Extraído de uma planta aquática desse mesmo nome, papel deriva desse termo que é usado na escrita desde 3000 anos antes de Cristo, no Egito.
2. PERGAMINHO – Pele de animais curtida e preparada para a escrita, é um material superior ao papiro, porém bem mais recente.

Formatos primitivos da Bíblia.:

Foram dois os formatos:

1. ROLOS – Era um rolo de fato feito de papiro ou pergaminho, era preso a dois cabos de madeira para a facilidade de manuseio.
2. CÓDICE – É uma obra no formato de livro de grandes proporções.

Línguas originais da Bíblia.:

Eram três, sendo uma pouco usada:
1. Hebraico – Antigo Testamento
2. Grego – Novo Testamento
3. Aramaico – Antigo Testamento (Usado muito pouco)

Escritores da Bíblia.:

A Bíblia foi escrito por 40 diferentes escritores, abrangendo um tempo de 1500 anos. Sendo que esses escritores pertenciam as mais variadas atividades, profissões, épocas, locais, muitos nem nunca se conheceram.

Estrutura da Bíblia.:

Há nela 66 livros, onde estão divididos em duas partes principais: Novo e Velho testamento. Veremos essa divisão:

Quanto a Bíblia:

1. Velho Testamento: 39 livros (de Gênesis a Malaquias), não em ordem cronológica.
2. Novo Testamento: 27 livros (de Mateus A Apocalipse)

Quanto à classificação dos livros:

Antigo Testamento:
 Lei (5 livros) – de Gênesis a Deuteronômio, tratam da criação e da lei;
 História (12 livros) – de Josué a Éster, contém a história do povo de Israel;
 Poesia (5 livros) – de Jó a Cantares;
 Profecia (17 livros) – de Isaias a Malaquias, e estão divididos em dois grupos:
1. Profetas Maiores (5 livros) – de Isaias a Daniel;
2. Profetas Menores (12 livros)– de Oséias a Malaquias.


Novo Testamento:

 Biografia – são os quatro evangelhos. Descrevem a vida terrena de Jesus;
 História – é o livro de Atos dos Apóstolos, registra a história da Igreja Primitiva;
 Doutrina – são 21 livros chamados epístolas ou cartas, vão desde Romanos a Judas;
 Profecia – é o livro de Apocalipse que significa revelação. Trata da segunda vinda de Jesus.


Uma curiosidade, a frase “não temas” ocorre 365 vezes na Bíblia, o que dá para você, uma a cada dia do ano…

Porque devemos estudar a Bíblia ?

Existem muitas razões, mas vamos enumerar algumas:
A. Porque ela ilumina o caminho para Deus (Sl 119.105, 130);
B. Porque ela é alimento espiritual para o crescimento de todos (Jr 15.16; 1 Pe 2.1-2);
C. Porque ela é o instrumento que o Espírito Santo usa na sua operação (Ef 6.17)

Apologia:

Apologia é a arte de argumentar para defender algo, ou seja, criar argumentos convincentes a ponto de provar algo. No nosso caso, provar que a Bíblia é a Palavra de Deus, ao contrário do que muitos dizem, a Bíblia não só contêm a Palavra de Deus, como ela é por inteira a própria Palavra de Deus.

Vamos abordar apenas dois pontos tendo primeiro por base as profecias demonstradas na Bíblia, e depois sobre a ciência bíblica.: Sabe porque creio na Bíblia?

PROFECIAS:

Sempre ouvimos falar em livros, revistas, artigos, até na TV, sobre homens que predizem o futuro, o que dizer destes homens? Bem, vamos ao mais conhecido de todos, Nostradamos, aconteceu realmente o que ele predisse sobre o fim do mundo? Suas muitas falsas profecias têm suscitado muitos seguidores, e isso tem feito se cumprir o que Jesus disse em Mt 24.11. Outro exemplo há uns dez anos atrás, em uma revista americana, reuniram-se os dez maiores videntes do mundo. Nesta feita, eles fizeram 61 previsões sobre o que aconteceria dentro dos próximos seis meses, e sabe quantas delas se cumpriram? Nenhuma, você não acha que por sorte pelo menos uma das mesmas poderia ter se cumprido mesmo que seja pela metade? Essas profecias são predições muito vagas, muito genéricas, sem objetivos fixos, até por sorte eu poderia predizer algo como eles prevêem, e acertar, aí é que está o problema, quem conhece o futuro, é só Deus, eles podem acertar como num teste algo que poderá acontecer analisando os fatos presentes. Bem, agora vamos à inerrante Palavra de Deus, como ela se sai com todas as suas inúmeras profecias?
Como saber quando é Deus quem falou? Dt 18.21-22. Ao contrário dessas predições malignas, a Bíblia oferece profecias específicas e detalhadas, por isso tem que se cumprirem com exatidão.
Vamos demonstrar uma profecia bíblica acerca de Babilônia, o maior império antigo. A cidade ocupava uma área de 500 Km², rodeada por um fosso de 10 m de largura, protegida por uma muralha de 104 m de altura e 29 de largura. Possuía 100 portas de bronze maciço, qualquer um que se aproximava poderia ser visto por qualquer uma das 250 torres de vigia construídas sobre a muralha. Bem, ao vermos essa fortaleza, quem ousaria tentar destruir essa cidade, Deus foi capaz de profetizar contra essa cidade. Leia Isaías Cap. 13 versículos 20-21, e Cap. 14 versículo 23. Leia também Jeremias Cap. 51 versículos 26 e 43. Em 13 de outubro de 539 Ciro entrou com seus exércitos sob os muros de Babilônia, pelo leito seco do rio Eufrates que corria debaixo das muralhas. Conseguiram isso desviando o curso do rio. Depois desse ataque ainda veio depois Xerxes rei da Pérsia, e Alexandre Magno, o Grande. E como se encontra a Babilônia hoje? Está um lugar deserto (Jr 51.43), as ruínas servem de abrigo aos animais selvagens(Is 13.21-22), e as pedras das ruínas, ainda ficam lá sem ninguém toca-las porque Deus disse assim (Jr 51.26). Um fato interessante, que nos chama a atenção para o que Deus zela pela sua Palavra é o que aconteceu com Alexandre Magno, o Grande. Deus havia dito que aquela cidade jamais seria reedificada, e no entanto esse homem ao atravessar as ruínas da Babilônia, resolveu que ali seria o centro do seu império, e foi dado ordens aos seus soldados que reconstruíssem Babilônia… E agora, Deus erraria? A história nos afirma que Alexandre logo após ter dado essa ordem, caiu morto e seu plano foi esquecido. Deus nunca erra (Jr 50.13,39).
Existem 2.000 profecias como essa na Bíblia, e cumpridas com exatidão, será que podemos crer que a Bíblia é a Palavra de Deus?

CIÊNCIA:

Muitos dizem que não crêem na Bíblia porque a ciência tem provado que a Bíblia é uma fraude, acho que essas pessoas tem se enganado. Talvez por falta de informação.

A Bíblia registrou o que a ciência descobriu bem depois…

Vamos começar por Moisés. Moisés cresceu dentro dos conhecimentos científicos do Egito, e segundo o que eles acreditavam, a Terra havia surgido de um imenso ovo, chocado no espaço, após vagar sem rumo, esse ovo completou o que hoje conhecemos por mitose (dividiu-se em dois, quatro, oito…), formando assim a Terra e os outros corpos celestes. Moisés como só havia conhecido e ido educado dentro dos parâmetros egípcios se posicionou de maneira diferente, como ele mesmo afirma em (Gn 1.1). Até hoje ninguém, nenhum cientista conseguiu argumentar contra essa afirmação, pois esta veio de Deus.

O que sustenta a terra sobre o espaço? Os gregos diziam que a terra era sustentada por um gigante chamado Atlas, que foi condenado por Zeus a sustentar a terra para sempre sobre os seus ombros. Os hindus semelhantemente diziam que a Terra estava apoiada sobre as costas de um imenso elefante. Mas Deus é tremendo, esses povos achavam que a Terra era plana. Mas Deus usa Jó poderosamente em 1.500 anos a.C inspirado pelo Espírito Santo para o mesmo escrever (Jó 26.7). A gravidade.

Outro fato curioso, é o que está em Isaías 40.22. Galileu quando afirmou que a Terra era redonda quase foi morto pelos católicos. Mas a sua afirmação, estava certa, será que ele lia a Bíblia? Isso não importa, o que importa é que a Bíblia é a Palavra de Deus, e ele disse muito, mas muito antes o que a ciência descobriu depois.

Conclusão:

A maior prova de que a Bíblia é a Palavra de Deus, é que você está aqui, transformado pela mesma, reverenciando a mesma. E uma coisa eu digo, depois de mais de 2.000 profecias já cumpridas, eu espero com esperança na última promessa de nosso Deus. Que Jesus voltará e nos levará para sempre a morar com Ele.

Compartilhe e comente

Uma resposta a A Bíblia Sagrada

  1. Èberson da Fontoura Lopes disse:
    irmão Carlos Ribas gostei muito da sua obra literaria sobre a palavra de Deus e acompanhei sua jornada ispiritual para se tornar um cristão e sei que Deus tem le usado drandemente em seu ministerio e queri le dizer que le ajudarei oquento for posivel a conpartinhar suas obras literarias que são fortimente espiradas pelo espirito santo de Deus um forte abraso e fique com Deus

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>